O caso passou-se na cidade de Cambridge, Inglaterra. O animal, de raça siamesa, tinha somente oito meses de idade quando ocorreu o incidente, tendo sido alvejado no pescoço enquanto andava pelo local.

Segundo informações divulgadas pelo jornal inglês Daily Mail, o homem viu o felino no dia 7 de abril deste ano no seu quintal, disparou dois tiros e depois atirou-o pela cerca. No mesmo dia, a dona do animal de estimação, Caroline King, estava à procura dele quando foi à casa do então suspeito que, de imeditao, confessou a prática deste ato.

Levado ao hospital veterinário, o gato necessitou de diversas intervenções cirurgicas para retirar as balas e acabou por perder a perna direita traseira. Apesar dos ferimentos, o corajoso animal, já na sua casa e junto de Carline, está a recuperar bem.

A investigação concluiu que a bala encontrada no corpo do animal é, efetivamente, da pistola enontrada na casa do homem. No julgamento, as autoridades judiciárias descreveram o ato como “um incidente desagradável que mereceia uma sentença de prisão”.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome