Japão comemora o dia do gato a 22 de fevereiro. Conheça o entusiasmo dos japoneses em torno dos felinos

No Japão, a figura do gato é muito mais tradicional e profunda do que apenas a adoração pela fofura dos felinos.

0
450

O dia do gato, 22 de Fevereiro, é comemorado com bastante entusiasmo no Japão. Nesta data, compram-se presentes, as famílias planeiam passeios, tudo para agradar aos gatos. Há diferentes formas de celebrar esta data. As pessoas utilizam as redes sociais para partilhar as fotos dos felinos, assam biscoitos e donuts, compram mimos para os gatos e as marcas aproveitam para lançar produtos novos no mercado.

Os Japoneses adoram os gatos. Mas qual o motivo?

Na verdade, no Japão a figura do gato é muito mais tradicional e profunda do que apenas a adoração pela fofura dos felinos.
Os gatos convivem com os japoneses há milénios. São conhecidos por proteger manuscritos de templos budistas e, nos primeiros tempos, apenas as pessoas com muito
dinheiro possuíam gatos.

Estes animais foram retratados em pinturas e homenageados na literatura e, exemplo disso mesmo, é o best-seller “I am a cat” de Soseki Natsumi, considerado um clássico da literatura japonesa.

Algumas escolas budistas acreditavam que os gatos eram iluminados, e que, quando um ser humano falecia, ele voltaria em forma de gato.

 

Outro exemplo da consideração que os Japoneses têm pelos gatos é o Maneki Neko, uma estátua de gato com a pata levantada, que este povo considera sinónimo de muita sorte.

 

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome