No Estado de Minessota, nos Estados Unidos, um gato era frequentador assíduo de uma biblioteca universitária até ser proibido pela administração, que divulgou este cartaz

Alguns dos utilizadores da biblioteca estão a aproveitar a situação  tentam ajudar Max, o gato excluído: Par além de terem criado um cartão da biblioteca para o Max, fizeram desenhos e criaram a hashtag #freeMax (Libertem o Max).

“Solte o Max, para que ele possa entrar. #freeMax”.

 

Um dos dois cartões da biblioteca já feitos para o Max.

 

 

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome