No zoológico de Novosibirsk, na Rússia, uma cria de lince foi rejeitada pela sua própria mãe. Como precisava de cuidados maternos, o pequeno felino acabou por ser adotado por uma gatinha que costumava andar pelo zoológico.

Os dois tornaram-se inseparáveis e os veterinários acreditam que esta relação é fundamental para o futuro do bebé lince.

Assista ao vídeo

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome