PAN recomenda a criação de um Hospital Veterinário Solidário Municipal

A criação de um Hospital Veterinário Solidário é uma medida de apoio social que visa responder às necessidades da população mais vulnerável.

0
458

O grupo municipal do PAN – Pessoas-Animais-Natureza irá apresentar, na próxima reunião da Assembleia Municipal de Lisboa dia 27 de fevereiro, quatro recomendações para apreciação e deliberação.

Em nota acabada de enviar às redações, a criação de um Hospital Veterinário Solidário Municipal, o Alargamento do Policiamento Comunitário a outras áreas da cidade de Lisboa, por uma cidade livre de plástico e promotora da economia circular e as alterações ao Regulamento de Resíduos Sólidos da Cidade de Lisboa no âmbito da alimentação de animais na via e demais lugares públicos constituem tema das quatro recomendações que o PAN irá apresentar amanhã.

O Hospital Veterinário Solidário Municipal terá como objetivos a prestação de cuidados médico-veterinários a animais de munícipes que comprovadamente aufiram baixos rendimentos ou de associações de proteção animal. Ainda segundo aquela nota de imprensa, os animais têm vindo a assumir uma importância crescente no seio familiar, no combate ao isolamento e exclusão e ainda no desenvolvimento da personalidade humana, com especial enfoque nas crianças, nos jovens e na população sénior. “Julgamos imprescindível a criação de um Hospital Veterinário Municipal, para a generalidade da população do município de Lisboa que comprovadamente aufira baixos rendimentos e para as associações de proteção animal com sede na área do município, que não tenham por atribuições a prestação de cuidados médico-veterinários e que dele careçam”, refere o PAN.

Vem igualmente referido naquela informação à imprensa que se trata de uma medida de apoio social que visa responder às necessidades da população mais vulnerável para quem, muitas vezes, os animais de companhia são de extremo valor emocional ou até mesmo o único laço afetivo existente – cuidar dos animais é também cuidar das pessoas.

Poderá aceder aqui ao texto integral da Recomendação para a criação de um Hospital Veterinário Solidário.

Relativamente às alterações ao Regulamento de Resíduos Sólidos da Cidade de Lisboa no âmbito da alimentação de animais na via e demais lugares públicos, o PAN propõe ressalvar a alimentação de animais nos locais devidamente autorizados pelo município, designadamente ao abrigo dos programas CED e de controlo dos Pombos. O PAN sublinha naquela na sua nota de imprensa que os programas de captura, esterilização e devolução (CED) legislados recentemente obrigam a entidade responsável a assegurar a prestação de cuidados de saúde e de alimentação adequados aos animais integrados nas colónias de gatos, no entanto, no Regulamento de Resíduos Sólidos fornecer alimento a estes animais constitui contraordenação punível com coima.

Poderá ler aqui o texto integrada desta recomendação

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome