Gatos são guardiões de um dos mais famosos museus do mundo

Centenas de turistas de todas as partes do mundo passeiam pelos magníficos corredores do Hermitage, admirando as suas obras de arte, artefatos egípcios, estátuas gregas e outros tesouros.  

0
1240
Russia's Museum Cats | Imagem: The New Yorker

OHermitage fica em São Petersburgo, na Rússia, e é um dos museus de arte mais famosos do mundo. Trabalham neste espaço profissionais das mais diversas áreas, incluindo vários especialistas em escultura, história, pintura, mas também uma equipa muito especial de especialistas de quatro patas.

Sim, isso mesmo, GATOS.

Dezenas de gatos percorrem as galerias do Hermitage desde o século XVIII. Atualmente, existem mais de 70 gatos e todos eles vivem no porão do Palácio de Inverno, que se assemelha a uma sede felina.

Eles são alimentados e acarinhados por uma equipa de voluntários. A maioria dos visitantes diários do museu é surpreendida com a presença destes animais de raças tão diversas quanto extraordinárias, como é o caso dos siberianos. Alguns dos visitantes querem até levar os animais para casa não só pela sua extraordinária beleza, mas porque acreditam que estes felinos do Hermitage têm uma forte aura contra a energia negativa.

O Hermitage fica situado nas margens do rio Neva, em São Petersburgo, na Rússia. É um dos maiores museus de arte do mundo e sua vasta coleção possui obras de praticamente todas as épocas, estilos e culturas da história russa, europeia, oriental e do norte da África. O museu está distribuído em dez prédios, situados ao longo do rio Neva, dos quais sete constituem por si mesmos monumentos artísticos e históricos de grande importância. Neste conjunto, o papel principal cabe ao Palácio de Inverno, que foi a residência oficial dos Czares quase ininterruptamente desde sua construção até a queda da monarquia russa.

Museu Nacional do Hermitage – O Palácio de Inverno

Assista ao vídeo:

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome