Funchal vacinou mais de mil animais domésticos desde o verão

Para o ano de 2018, a Câmara Municipal do Funchal celebrou um protocolo com a Associação de Municípios da Madeira (AMRAM), que vai assegurar a realização de esterilizações a 1.710 animais errantes, sendo 1.050 canídeos e 660 felídeos.

0
38

A Câmara Municipal do Funchal concluiu, em março, a sua segunda campanha municipal gratuita de vacinação antirrábica e de identificação eletrónica para cães com mais de três meses de idade.

Conforme adianta uma nota divulgada pela Câmara Municipal do Funchal, ambas as campanhas percorreram todas as freguesias do concelho e permitiram vacinar 1168 animais domésticos, sendo que cerca de 80% destes, em todos os casos em que isso ainda não se verificava, foram igualmente identificados com o chip e registados na respetiva junta de freguesia, o que é atualmente obrigatório por lei.

“Esta foi uma medida pioneira que desenvolvemos desde o ano passado, em colaboração com todas as Juntas de Freguesia do Funchal, naquilo que representou um grande passo em prol da causa animal e da saúde pública” refere Idalina Perestrelo, Vereadora com o pelouro da Causa Animal no Município, que crescenta que “nunca nada do género havia sido feito no Funchal e balanço é muito positivo”

Idalina Perestrelo lança, desde já, o objetivo que se segue: “a Autarquia tem bem presente a problemática dos animais errantes no concelho e esse será o nosso dossier prioritário para este ano de 2018. É uma realidade que temos vindo a acompanhar de perto, que já estamos a monitorizar, com um inventário do concelho desenvolvido pelos serviços, pelo que estamos em condições de partir para um reforço da ação efetiva no terreno nos próximos meses.”

Para o ano de 2018, a CMF celebrou, para o efeito, um protocolo com a AMRAM, que vai assegurar a realização de esterilizações a 1.710 animais errantes, sendo 1.050 canídeos e 660 felídeos.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome