Rosangela, uma brasileira que trabalha para mudar a vida de milhares de animais

0
78
Rosangela Ribeiro (Brasil). Foto: Proteção Animal Mundial

Rosangela Ribeiro é brasileira e uma apaixonada pelos animais. Tem 4 cães adotados – inclusive uma que foi resgatada durante uma operação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Fomos conhecer melhor o trabalho da Rosangela, que trabalha há mais de 8 anos na World Animal Protection (Proteção Animal Mundial), uma organização com sede em São Paulo mas com uma “visão de um mundo onde o bem-estar animal importe e a crueldade contra os animais tenha fim” conforme vem referido no seu site de internet.

A Rosangela tem trabalhado incansavelmente para melhorar a vida de milhares de cães e gatos.

Graças ao seu esforço, “conseguimos fechar parceria com o Comité Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, ajudando a resgatar animais de rua e mantendo-os seguros durante e depois dos Jogos” destaca a Proteção Animal Mundial ao incluir Rosangela Ribeiro no grupo das 5 mulheres-maravilha que movem o mundo para proteger os animais.

Conforme vem referido no artigo a que a MIAU teve acesso “essa foi a primeira vez que uma ONG de proteção animal trabalhou em parceria com um comitê olímpico. Rosangela mostrou que os animais ficam extremamente vulneráveis ​​durante esses eventos e que é possível gerenciar as populações de animais abandonados de forma humana e eficaz.”

Rosangela é médica veterinária formada pela USP, atuou como clínica de cães e gatos e foi professora das disciplinas de Clínica Médica e Bem-Estar Animal. É especialista em bem-estar animal pela Cambridge e-Learning Institute e em bioética pela USP. Além disso, é mestra em ciências veterinárias pela FMVZ-USP.

“A determinação e força de Rosangela na luta pelos animais, para cuidar deles e encontrar lares seguros e amorosos para todos é uma inspiração para nossa equipe” adianta a ONG no comunicado.

Clique para conhecer melhor a Proteção Animal Mundial

World Animal Protection

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome