Um pontapé na indiferença e nos maus tratos e abandono de animais

0
959

No próximo sábado, a partir das 9h30, o Parque Desportivo D. Maria Emília Gil, em Figueiredo, Braga, será o palco da primeira edição do torneio de futebol solidário de crianças FIGAS CUP. Organizado pelo Grupo Desportivo de Figueiredo (GD Figueiredo), o evento contará com a presença de 12 equipas da região e a participação de cerca de 225 “petizes e traquinas” com idades entre os 6 e os 9 anos.

Segundo Miguel Soares, presidente da direção do GD Figueiredo, «a prova, de caráter lúdico, visa a promoção da prática desportiva e a transmissão de valores como, por exemplo, a camaradagem, o fair-play, o respeito pelo adversário, o trabalho em equipa e a superação individual e coletiva, assim como proporcionar um dia de salutar convívio entre atletas, pais e dirigentes». Além disso, acrescenta, «o FIGAS CUP tem também um cariz solidário, pois pretende ajudar o projeto Gato Francisco na sensibilização contra os maus tratos e abandono de animais e em prol da adoção responsável, assim como permitir a recolha de ração e donativos. Daí o lema do torneio: Dá um pontapé na indiferença!»

Por sua vez, Cláudia Sousa, responsável do ‘Gato Francisco’, sublinha que «é sabido que o desporto põe em jogo potencialidades físicas e psicológicas que contribuem para o desenvolvimento global dos jovens, sendo um espaço privilegiado para fomentar hábitos saudáveis, competências sociais e valores morais, pelo que a colaboração com o GD Figueiredo no torneio FIGAS CUP é para nós uma mais-valia no quadro da prossecução dos objetivos que preconizamos em matéria de sensibilização das camadas mais jovens da população para os direitos dos animais.»

O torneio FIGAS CUP conta com o apoio da Câmara Municipal de Braga, no âmbito da Braga 2018 – Cidade Europeia do Desporto, e da Junta de Freguesia de Figueiredo.

O ‘Gato Francisco’ é um projeto bracarense de voluntariado na área da proteção animal (apenas de gatos), com uma intervenção que pretende importante ao nível da adoção responsável e da sensibilização e informação da população. No âmbito da sua atuação, já salvou e permitiu a adoção de mais de 100 animais. 

Projeto Gato Francisco, Braga

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome