A discriminação no Mundo Felino

0
1152

Muitos gatos são discriminados, diariamente, pelos mais variados motivos ou razões, e deixados para trás, abandonados, esquecidos, preteridos, e sem direito a uma família que os acolha e ame, porque não satisfazem os desejos específicos de quem procura um animal, tornando a discriminação no mundo felino uma realidade dos nossos dias.

Estes são alguns dos principais fatores que contribuem para essa discriminação, e para a continuidade de muitos dos animais em associações ou abrigos, e até mesmo, nas ruas.

A idade

A maior parte dos adotantes prefere gatos bebés, que sejam criados e habituados a si desde cedo, para que se adaptem melhor à família e à casa, e para que possam acompanhar o seu crescimento.

Existe a ideia de que gatos mais velhos já têm os seus hábitos bem vincados, e será mais difícil adaptarem-se a novas rotinas.

Doenças ou deficiências físicas

Outro dos motivos para as pessoas não escolherem um determinado gato é o facto de este ser portador de alguma doença.

Da mesma forma, também os gatos portadores de alguma deficiência física são, muitas vezes, colocados de parte.

A Raça

A raça é, muitas vezes, uma exigência fundamental para quem quer adotar um gato, por uma questão de preferência pessoal pelas características de uma determinada raça.

A Cor

Todos conhecemos a discriminação aos gatos pretos baseada, muitas vezes, naquela superstição de que os gatos pretos dão azar.

Mas não é só aos gatos pretos que isso acontece, havendo gatos com outra pelagem, igualmente discriminados pela cor da mesma.

O Sexo

O sexo é também uma das razões para a discriminação dos gatos. Há quem prefira fêmeas, e quem goste mais de machos. Há quem considere que gatos de um determinado sexo são menos dispendiosos ou mais fáceis de criar que do sexo oposto. Ou ainda por considerarem que o sexo determina o comportamento dos gatos.

A Personalidade

Existem pessoas que preferem gatos mais mansinhos. Outras, gostam mais dos traquinas. Há quem os prefira mais independentes, e quem os prefira mais apegados.

Dificilmente alguém escolherá um gato assustadiço, que não goste que lhe peguem, que não goste de colo, que se esconda dos humanos.

Mitos

Alguns mitos que correm de boca em boca, sobre os perigos que os gatos podem representar para os humanos, podem levar algumas pessoas a desistir de adotar um gato.

 

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome