Governo inglês quer proibir lojas de vender cães e gatos com menos de seis meses

0
178

O Executivo inglês quer impedir a venda de cães e gatos com menos de seis meses em lojas de animais domésticos. Caso deseje comprar um cachorro ou gatinho terá de o fazer junto de um criador oficial ou num centro de resgate.

“Há preocupações de que as vendas feitas por terceiros levem a piores condições de vida para os animais do que quando são comprados diretamente aos criadores. Isto pode conduzir à separação precoce de cachorros e gatinhos das suas mães, à introdução a ambientes novos e pouco familiares, e a múltiplas viagens” dos filhotes, lê-se no documento onde é veiculada a proposta.

Na génese da medida está uma campanha denominada Lei Lucy, devido a uma cria Cavalier King Charles Spaniel a quem foram infligidos maus tratos, contexto esse que motivou uma petição, a qual já conta com mais de 150 mil assinaturas.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome