Venda de comida ‘premium’ para gatos atinge recorde

O crescimento da população de gatos nas casas dos Portugueses faz crescer a procura de alimentos "premium" para estes animais.

0
236
Foto: Purina Gourmet Crystal Soup

Em 2017, a comercialização de comida para gato cresceu, em valor, para 126 milhões de euros e, em volume, para um total de 38 929 toneladas, o que traduz, respetivamente, um aumento de cinco e três pontos percentuais.

Estes dados foram revelados pela VETERINÁRIA ATUAL, que cita a Euromonitor, revelando ainda que, a liderar este crescimento, está a Nestlé Portugal, que detém a marca Purina.

O aumento do número de pessoas a viver em grandes centros urbanos impulsionou o crescimento da população de gatos, não só em Portugal, mas um pouco por todo o mundo. Para este crescimento, contribuem diversos fatores. O menor tamanho das casas, aliado ao o facto de não ter de levar o gato a passear à rua e também à companhia que este animal pode fazer, sobretudo junto de pessoas idosas são os principais motivos que levam as pessoas a ter a companhia de um ou mais gatos.

Com os gatos a ser considerados membros da família, a procura por produtos de melhor qualidade resultou num rápido crescimento do mercado da alimentação para estes animais, acentuada na tendência pela procura de soluções “premium”, revela o Euromonitor.

COMIDA DE GATO MOLHADA CRESCE MAIS RÁPIDO DO QUE SECA

Com um preço médio mais elevado e aproveitando o gosto mais exigente dos gatos, as marcas apostam na oferta de alimentos húmidos, não só em termos de ingredientes, mas também na sua apresentação e textura, incluindo novos formatos como mousse, soufflé, pedaços, patês ou molhos. Com os tutores de animais de estimação melhor informados sobre a nutrição e as implicações alimentares na saúde dos gatos, além de quererem mimar os gatos com alimentos mais saborosos e variados, a comida húmida tornou-se parte das dietas regulares destes animais.

Também as ‘guloseimas’ para gato registaram “um aumento de vendas recorde” de cerca de 15% em 2017.

Conheçam AQUI todos os dados a nível mundial

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome