Executivo português aprova apoios a 17 entidades para centros de recolha de animais

A medida foi anunciada no passado dia 21 de dezembro pelo Ministério da Administração Interna.

0
261

O governo de António Costa aprovou um apoio total de perto de um milhão de euros a 17 entidades para a construção ou modernização de centros de recolha oficial de animais de companhia, anunciou no passado dia 21 de dezembro o Ministério da Administração Interna (MAI).

Em comunicado, o gabinete do responsável pela pasta da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que tutela as câmaras municipais do país, informa que são beneficiados com aquele apoio, previsto no Orçamento do Estado (OE) de 2018, 14 municípios: Alandroal (distrito de Évora), Alijó (Vila Real), Carregal do Sal (Viseu), Castro Daire (Viseu), Fronteira (Portalegre), Nelas (Viseu), Oliveira de Frades (Viseu), Pedrógão Grande (Leiria), Sousel (Portalegre), Terras de Bouro (Braga), Tondela (Viseu), Trancoso (Guarda), Valpaços (Vila Real), Vouzela (Viseu).

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral e o Agrupamento de Municípios de Castelo de Paiva e Cinfães são as restantes entidades que vão ganhar apoios.

De acordo com fonte oficial do MAI, o total do investimento elegível ascende a 3,9 milhões de euros, sendo a comparticipação de 975 318,91 euros para estes 17 projetos, tendo em conta os valores máximos de apoio financeiro previstos.

O OE para 2019 prevê a transferência para a administração local de 1,5 milhões de euros para o estabelecimento de uma rede de centros de recolha oficial de animais de companhia.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome