Gata que congelou durante a vaga de frio nos EUA é descongelada e sobrevive

O animal foi levado para a sala de emergência durante uma noite e passadas várias horas acabou por dar sinal de vida.

0
1587

Na semana passada, os Estados Unidos atingiram temperaturas mínimas históricas. Vários estados registaram 30 graus negativos e no Minnesota e em Wisconsin os termómetros chegaram a marcar respetivamente -53ºC e -51ºC. Morreram pelo menos 21 pessoas e várias dezenas de cidadãos deram entrada no hospital com dedos congelados.

Já a gata ​​​​​​​Fluffy (fofinha em português) teve um pouco mais sorte. O animal ficou enterrado na neve perto de sua casa em Kalispell, no estado de Montana, a 31 de janeiro, conta a CNN. Mas depois de ter sido tratada, sobreviveu e até surpreendeu os veterinários.

“Usámos alguns métodos diferentes para aquecer a tempertaura do corpo [de Fluffy]: água quente, secadores, toalhas aquecidas”, explicou Andrea Dutter, diretora executiva da clínica veterinária local.

O animal foi então levado para a sala de emergência durante uma noite e passadas várias horas acabou por dar sinal de vida.

“Uma história incrível de sobrevivência. Alguns dos nossos clientes encontraram os animais enterrados na neve. A gata chegou-nos cá congelada e inconsciente. A temperatura estava tão baixa, mas depois conseguiu recuperar normalmente”, pode ler-se na publicação no Facebook sobre o caso.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome