Câmara de São João da Madeira permite que funcionários levem animais de companhia para o trabalho

Na zona de acesso aos gabinetes dos vereadores até existe uma placa: "Por favor mantenha a porta fechada. Aqui há gato".

1
417

Sanjo e Oliva foram os gatos adotados pela Câmara Municipal de São João da Madeira. Moram, desde outubro, no edifício dos Paços do Concelho, para onde os funcionários também podem levar os seus animais de companhia. A ideia, refere a autarquia, é incentivar a adoção.

“Eles vivem neste T6, ocupam todo o piso”, revela ao Jornal de Notícias Paula Gaio, vereadora da Ação Social da autarquia, enquanto tenta apanhá-los. A Autarquia adotou dois gatos e ainda abriu portas aos animais de estimação dos funcionários.

“Temos aqui a caminha e os comedouros”, adianta Paula Gaio, enquanto aponta para um canto escondido atrás de uma secretária. Ela e Irene Guimarães, vereadora da Educação, amadrinharam os gatos depois de um desafio do presidente, Jorge Sequeira. “Após uma Assembleia Municipal, onde foi abordado o tema dos animais abandonados pela Ani S. João, o presidente lançou-nos o repto de adotarmos um gatinho”. E porque não dois?, terão pensado. E assim os irmãos Sanjo e Oliva chegaram, pequeninos, ainda assustados, ao T6. Agora, já se aventuram em sonos por cima das secretárias ou na janela, estendidos ao sol.

Ler notícia completa em JORNAL DE NOTÍCIAS

Assista à reportagem do PORTO CANAL

 

 

 

1 Comentário

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome