Os gatos “Garfield” não são nem mais saudáveis nem mais felizes – muito pelo contrário!

0
145

Tem um gato “Garfield” em casa? Acha que pelo fato de ser mais gordinho é mais saudável, bem nutrido e fofinho? Pois tal não podia estar mais longe da verdade: anos de observação clínica destes animais revelam que eles têm muito mais propensão a problemas de saúde, além de viverem menos anos. Gordura não é formosura e pode estar a colocar a vida do seu animal em perigo.

O excesso de peso em felinos está a tornar-se cada vez mais comum. Há cerca de uma década estimava-se que afetasse 1 em cada 3 animais, hoje em dia estima-se que 1 em cada 2 animais sofra deste problema, sendo que os números a nível Ibérico apontam que 40 a 50% dos gatos têm  excesso de peso ou são obesos. E esta não é uma questão meramente estética – a obesidade é uma doença crónica, com efeitos verdadeiramente nocivos para a saúde dos animais.

Um artigo de Joana Pereira, Médica Veterinária do Departamento de Comunicação Científica da Royal Canin Ibéria, a não perder na edição #8 da MIAU Magazine.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome