Cinco gatos resgatados no Canadá atuaram no filme “Pet Sematary” em cartaz nos cinemas

0
634

Das ruas frias para o estrelato. Esse foi o destino de cinco gatinhos da raça Maine Coon abandonados ou perdidos nas ruas de Ontário, no Canadá, e resgatados por um abrigo de animais.

Eles foram selecionados pela dupla de treinadores Melissa Millet e Kirk Jarrett para estrelar o filme “Samitério de Animais” (título original Pet Sematary) adaptado de “Church”, uma das mais aterrorizantes obras de Stephen King.

Os gatinhos foram cuidadosamente caracterizados para este filme.

Dos cinco gatinhos sortudos, um saiu logo no início das filmagens por não se adaptar ao convívio com os demais, voltando para o abrigo.  Os outros quatro foram todos adotados após as filmagens, entre eles Tonic e Leo, que atuaram na maior parte das cenas e ganharam como lar a casa dos treinadores.

Os felinos até já têm uma conta no instagram onde são partilhadas fotos do seu quotidiano fora dos ecrâs de cinema: church_aka_tonic/.

Léo é o felino que parece nos cartazes do filme. Já Tonic, muito sociável, participou na aresentação do filme usando uma gravata xadrez, deixando-se acariciar por dezenas de crianças

“Eu nunca vi um gato como o Tonic. Ele vai ter uma grande carreira porque ama os holofotes. Estamos apenas a procurar pela sua próxima oportunidade”, declarou Melissa Millet a um jornal canadense Edmonton Journal.

Melissa também referiu que os quatro gatos possuem sintonia e certamente poderão contracenar juntos novamente. E explicou que os gatos não podem ser treinados como cães porque eles não têm objetivo de agradar aos humanos. Para filmar com eles é preciso fazer com que se divirtam. Aliás, como de costume, a American Humane Society (ONG internacional de proteção animal) acompanhou as filmagens para certificar que os animais estavam a ser bem tratados.

No filme, um casal, dois filhos e o gato “Church”, abreviatura de Winston Churchill, mudam-se para uma bela casa numa localidade afastada e onde existe um cemitério de animais de estimação. Os diretores Kevin Kölsch e Dennis Widmyer capricharam no clima sinistro acompanhado por uma banda sonora que embala muito bem as cenas de suspense. Este é um remake do filme original de 1989, onde a “estrela” foi um gato preto e o alinhamento sonoro teve a música “Pet Sematary” da banda Ramones que poderá ouvir AQUI

Tonic e Leo

Tonic e Leo juntam-se a Goose, o gato do filme Capitã Marvel, e seguem o caminho dos gatinhos que estão a fazer sucesso no cinema este ano.

Aceda AQUI à galeria de fotos e vídeos do treinamento dos gatinhos e assista ao trailer original do filme legendado em português

 

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome