Atriz, cantora e ativista pelos direitos dos animais. Doris Day faleceu aos 97 anos

"Negócio de Pijamas", "O Homem Que Sabia Demais" e "Conversa de Travesseiro" são alguns dos filmes mais conhecidos desta estrela do cinema americano das décadas de 50 e 60.

0
119

A atriz Doris Day morreu ontem aos 97 anos. De acordo com informações dadas pela sua Fundação de apoio animal à Associated Press, a antiga estrela de Hollywood não resistiu a uma pneumonia.

Em comunicado, a Doris Day Animal Foundation indicou que o falecimento foi às primeiras horas desta segunda-feira na sua casa, rodeada pelos amigos mais próximos, e que “estava em excelente forma física para a sua idade até ser atingida recentemente por um caso sério de pneumonia”.

Amante dos animais ao longo da sua  vida, Doris Day foi uma das mulheres mais amadas e mais honradas do mundo, bem como uma das mais dedicadas e reconhecidas defensoras do bem-estar e dos direitos dos animais. Muito antes de andar nas luzes da ribalta, Doris já se dedicava à defesa e proteção dos animais e das pessoas que os amam.

Doris foi Fundadora e CEO da Fundação de Animais Doris Day (Doris Day Animal Foundation), uma instituição de utilidade pública sem fins lucrativos localizada em Los Angeless com uma missão muito específica que perdura até aos dias de hoje: ajudar os animais.

Quando Doris criou a Fundação, começou por procurar casas para muitos dos animais errantes ou abandonados. Os seus esforços resultaram em centenas de animais resgatados das ruas ao longo dos anos, muitos abrigados na sua própria casa.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome