A Casa do Gato em São Paulo é uma experiência deliciosamente felina

7
12952

Com o slogan “Seja gato por um dia” a Royal Canin abre ao público gratuitamente, nesta sexta-feira, dia 6, a “Casa do Gato”, na Rua São Carlos do Pinhal, 124, bem pertinho da Av Paulista, em SP (Brasil).

Os cômodos da casa foram criados de forma a fornecer aos visitantes “sensações felinas” e também informações sobre nutrição, bem-estar e comportamento.

Simplesmente não dá para não se encantar!

No “Cômodo da Textura”, por exemplo, patas de pelúcia gigantes nos permitem arranhar diferentes plataformas.

Já no “Cômodo da Audição” a experiência é impagável.

Os fones de ouvido nos mergulham de fato no universo felino. Dá para saber, por exemplo, como o som de salto de sapato, bater de portas, pássaros, carros, chuva, vozes, miados e latidos chegam aos ouvidos dos gatos. Tem uma gravação do gato do campo e outra do gato da cidade. É o cômodo mais sensacional!

No “Cômodo da Nutrição” uma veterinária explica a necessidade de se oferecer tanto ração úmida quanto seca aos gatos diariamente. E a dica para quem tem gato que não gosta da úmida, é misturar os grãos secos ao sachê fazendo uma espécie de patê, mas que só deve permanecer no pratinho por no máximo uma hora para não estragar. Nesse cômodo as pessoas também poderão tirar dúvidas sobre nutrição.

Um vídeo em realidade virtual mostrará dados sobre a visão do gato, sua capacidade de saltar até 5 vezes o seu tamanho corporal e o funcionamento do seu bigode como facilitador para a sua agilidade e senso de localização.

No andar de cima tem sala de bate-papos com especialistas e biblioteca equipada com sofás e lotada e livros sobre gatos.

Aliás, três livros de minha autoria estarão expostos lá: “MI-AU Book – Um livro pet-solidário”, “MI-AU Book & Cia” e o mais recente “Ághata Borralheira & Amigos tocando corações”.

A programação inclui oficinas de brinquedos para gatos com materiais caseiros, orientação de especialistas sobre castração e controle de peso dos bichanos e cadastro para interessados em adotar um pet em parceria com a ONG Adote Um Gatinho.

Quem quiser pode também publicar a foto de seu gatinho com a hashtag #MeuGatoNoVet para ganhar a foto impressa na mesma hora.

Essa atividade faz parte da campanha da Royal Canin para motivar os tutores a levarem seus bichanos com mais frequência ao veterinário.

Inclusive, depois de terminado o período da Casa do Gato, que vai até 15 de setembro (sempre de sexta a domingo), uma van da campanha percorrerá vários bairros e praças de SP.

Segundo o Dr Archivaldo Reche, especialista em felinos e que faz parte da campanha “Meu Gato no Vet”, os tutores de gatos adiam muito a ida ao veterinário, o que muitas vezes impede que uma doença já instalada há algum tempo seja tratada com sucesso.

“Como os gatos são geralmente mais difíceis de transportar e manusear que os cães, muitos tutores só os levam ao veterinário quando já estão apresentando sintomas avançados de alguma doença, dificultando a recuperação plena do bichinho”, diz.

O veterinário que, curiosamente é alérgico a gatos, mas recebe até 20 deles por dia, disse ainda que algumas pessoas pagam a consulta e não levam o gato na clínica. “Essa questão de evitar de levar o gato ao veterinário é tão forte que tem gente que prefere pagar a consulta só para me descrever o que acha que o gato está sentindo e ouvir minha opinião. Mas isso é um erro. Diferentes dos cães, os gatos demonstram bem menos os sintomas e muitas vezes o tempo é fator fundamental na cura de um problema”.

Um estudo sobre o perfil do tutor de gatos no Brasil, realizado pela Royal Canin, confirma o desabafo do veterinário: 42% deles adiam a visita ao consultório preferindo procurar informações na internet.

Além disso, a pesquisa mostrou que, uma vez no veterinário, 49% dos tutores discutem a alimentação e 61% consideram o veterinário a fonte mais confiável de informação para o tema.

A partir desse resultado a Royal Canin trouxe para o Brasil sua iniciativa global “Take Your Cat To The Vet” traduzida como “Saúde é única para cada gato – Meu Gato no Vet”.

Serviço

Casa do Gato – Desvendando o Universo Felino

Entrada Gratuita

Rua São Carlos do Pinhal, 124 – SP

06/09 – 12:00 as 19:00
07 e 08/09 – 10:00 as 19:00
14 e 15/09 – 10:00 as 19:00

Author: Fátima ChuEcco

Fátima Chuecco é uma jornalista brasileira especializada em matérias sobre animais e apaixonada por gatos. Mora em SP com suas gatas Dianna e Rebecca Selvagem.

7 Comentários

  1. Pena que só tem em SP. Eu sempre levo meus gatos no vet qdo vejo algo diferente porque sei que eles camuflam muito as doenças já que, na natureza, se mostrarem suas fraquezas eles viram alvo fácil.

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome