Cães e Gatos podem comer os mesmos alimentos?

Descubra os problemas que podem ser criados quando os dois ingerem as mesmas coisas

0
210

Ter um animal de estimação é uma delícia, eles nos passam uma sensação de amor e proteção inigualável. Contudo, é importante lembrar que eles precisam de alguns cuidados específicos, principalmente na hora da alimentação.

Ao falar sobre cães e gatos, muitas pessoas acabam confundindo as coisas. Embora sejam animais em sua maioria criados juntos, são  diferentes e ambos precisam de uma nutrição específica para sua espécie.

Alimentação

O que acontece é que cada um tem uma necessidade nutricional determinada em seu organismo. Isso é próprio e definido por diversos fatores do corpo do animal. Então, se um cachorro comer a refeição de um gato, ele estará ingerindo nutrientes de uma forma desregulada e muitas vezes, menos do que ele precisa.

Da mesma forma com o gato, ele estará fazendo uma refeição que não atende às suas propriedades nutricionais. Logo, suplementos como ácido aracdônico e vitamina A, não estarão presentes em seus alimentos. Isso porque um cão come proteínas, e não é disso que um felino precisa.

O principal motivo para essas diferenças são as derivações domésticas que as duas espécies sofreram ao longo dos anos. Com uma simples comparação, é fácil de entender: se um adolescente se alimentar com papinha de neném, ele estará ingerindo alimento mas não os o que precisa.

Nutrientes necessários

Os gatos costumam ser um pouco mais criteriosos na hora de se alimentar, o principal nutriente que precisa existir em sua comida é a Taurina, aminoácido que previne ataques cardíacos e doenças como cegueira. Tratando-se dos cães, o principal são as proteínas, carboidratos e gorduras.

Os dois animais são carnívoros, porém o cão não deve consumir Taurina, em grandes quantidades, o nutriente causa um reflexo péssimo no animal podendo desencadear uma série de disfunções.

Gatinho, Gato, Cuidados Gato, Doce

Problemas que podem ser causados

 Se isso acontecer uma vez ou outra, pode ser que consequências maiores não aconteçam. Contudo, se você incentiva essa alimentação incorreta com frequência, deixando que os dois animais compartilhem da mesma ração, por exemplo, uma série de problemas podem ser gerados. Como:

  • Obesidade

Os dois animais podem acabar sendo direcionados a obesidade. É mais comum que isso aconteça com cachorros, porque a ração de gato causa uma super aceleração em seu organismo resultando em um ganho absurdo de peso. A Taurina é o principal causador da obesidade canina.

  • Problemas fisiológicos

Dependendo do alimento que for consumido, a carga no sistema digestivo do animal pode ser muito grande, gerando um pequeno colapso. Se isso acontecer, eles podem ter diarreia por vários dias seguidos ou disfunções na urina, que futuramente, pode se tornar uma infecção.

  • Vômitos

Se o pet tiver um sistema digestivo mais fraco, é possível que a alimentação passe a não parar no estômago. Isso porque ele já não está comendo o que precisa, e por seu organismo estar despreparado, ele não consegue segurar nenhum tipo de comida.

Dicas para lidar

Cão, Gato, Inimizade, Como Cão E Gato, Animais

Antes de tudo, não se alarme caso isso esteja acontecendo com seus animaizinhos. Contudo, lembre-se que é fundamental buscar informações sobre a carga nutritiva que precisamos levar para eles.

Então, se você percebeu que essa situação está acontecendo na sua casa, é hora de pensar em como ajudá-los.

Pesquise sobre os principais pontos nutritivos para que a situação não ocorra. Busque por livros, sites, revistas ou pergunte á um especialista. Com certeza ele vai te ajudar. Assim, você vai evitar problemas futuros com isso.

Redobre a atenção no ambiente de convívio. Pense que os pets estão acostumado com a mesma alimentação, então você precisará ficar atento para que cada um coma sua própria comida.

Caso seu animal de estimação apresente algum sintoma ligado a alimentação inadequada procure um  médico mais próximo. Isso porque você não sabe a gravidade do problema dentro do organismo do bichinho. Aposte em um veterinário 24 horas, detalhe ao médico  quanto tempo a alimentação vem sendo feita de forma errada, o que o animal estava ingerindo e todos os sintomas que foram demonstrados.

Após a adequação alimentar, perceba como seus pets estarão mais saudáveis e longe de qualquer problema alimentar.Até porque, eles merecem os melhores cuidados do mundo

 

Vet Quakity
Author: Vet Quakity

- Advertisment -

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome