Ex-militar vai resgatar duas centenas de animais que tinha no seu abrigo em Cabul

0
464

Um ex-fuzileiro naval está a trabalhar para retirar do Afeganistão dezenas de pessoas e centenas de animais do seu abrigo, que mantinha em Cabul. O secretário da Defesa do Reino Unido afirmou que as autoridades britânicas vão ajudar na missão.

Paul Farthing, conhecido como Pen, já tinha recebido autorização para retirar as pessoas da sua equipa, mas continuou a trabalhar para garantir a passagem de 140 cães e 60 gatos que se encontravam no abrigo Nowzad, que fundou em Cabul após trabalhar no exército britânico no Afeganistão.

Agora, o ex-fuzileiro conta com a ajuda das autoridades britânicas para resgatar toda a equipa e animais, anunciou Ben Wallace, secretário da Defesa, através da rede social Twitter.

De acordo com o “The Guardian”, tinha sido anunciado, dois dias antes, que o governo do Reino Unido tinha concedido vistos para todos os seus funcionários e dependentes, um total de 68 pessoas. Contudo, a retirada dos animais do abrigo – um plano denominado Operação Arca – continuou a ser um obstáculo.

Ben Wallace insistiu que os animais teriam que esperar, visto que o Reino Unido daria prioridade à evacuação das pessoas a bordo dos voos da RAF, Força Aérea Real, para fora de Cabul.

Os apoiantes da instituição Nowzad anunciaram que tinham um Airbus A330, financiado por doações, pronto para voar até Cabul para resgatar os trabalhadores e os animais.

Paul Farthing disse, anteriormente, que os animais seriam transportados no porão do avião e que, logo que sua equipa fosse acomodada, quaisquer assentos extras no avião poderiam ser ocupados por outras pessoas autorizadas pelas autoridades do Reino Unido, tendo o voo capacidade de levar 250 passageiros no total.

Fonte: Jornal de Notícias

Miau Magazine
Author: Miau Magazine

teste

- Advertisment -

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome