Faro e Tavira entregam leitores de microchip de animais de companhia às autoridades policiais

As iniciativas visam combater o abandono de animais e melhorar as condições de intervenção das entidades nestes concelhos. O microchip contém um circuito electrónico integrado com um código numérico único passível de leitura óptica que só pode ser lido através de um leitor

0
301

A Câmara Municipal de Faro vai entregar leitores de microchip de animais às autoridades policiais com competências na área de fiscalização de animais de companhia (Polícia Marítima, Polícia de Segurança Pública e Guarda Nacional Republicana).

Para formalizar a iniciativa, terá lugar a assinatura de um protocolo, que terá lugar no dia 30, às 10h00, no parque canino da União das Freguesias de Faro, localizado no Alto de Santo António, na Rua de Berlim em Faro. No local, será feita uma demonstração do funcionamento dos equipamentos com animais.

O Município de Faro explica ao Sul Informação que esta parceria pretende «melhorar as condições de intervenção na área animal, no concelho de Faro, dotando as entidades com responsabilidade na matéria dos equipamentos necessários à sua intervenção».

Combate ao abandono de animais

A Câmara Municipal de Tavira entregou igualmente à PSP um leitor de microchip, na passada quarta-feira, que possibilita a identificação de animais perdidos ou abandonados na via pública, nomeadamente, gatos, cães, cavalos e burros.

“A identificação electrónica é cada vez mais considerado essencial por ser uma ferramenta importante na defesa da saúde pública e saúde animal, controlo da criação, comércio e utilização dos animais de companhia” refere o Postal do Algarve

A leitura do microchip permite reduzir os prazos de regresso ao detentor dos animais e, assim, elevar a taxa de regresso dos animais desaparecidos.

A iniciativa, refere aquele portal de informação, insere-se no âmbito do programa de controlo de animais errantes do município, do qual são parceiros a PSP e a GNR. Visa aumentar a eficácia no combate ao abandono de animais, em consonância com as regras internacionais estabelecidas para esse fim, sendo objetivo da autarquia a sensibilização dos munícipes para a problemática do abandono de animais.

O microchip contém um circuito electrónico integrado com um código numérico único passível de leitura óptica que só pode ser lido através de um leitor. O código é único e inalterável.

Esta medida faz parte de um conjunto de outras de protecção dos animais de companhia e luta contra o abandono de animais de companhia.

Miau Magazine
Author: Miau Magazine

- Advertisment -

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome