Os Gatos e a Memória

0
436

Não sei quanto a vocês, mas a meu ver e pela experiência enquanto companheiro de vários gatos ao longo dos tempos, permito-me afirmar que estes nossos amigos felpudos têm memória. E que memória!

Escrevo sem conhecimento científico e mais recentemente tenho-me apercebido do comportamento da minha gata, especialmente porque já não partilhamos a mesma casa e quando a visito, noto com maior evidência o que me parece ser o uso da memória por parte dela.

Há uns tempos, ela embirrou com os Pirilampos Mágicos que estão numa estante de um dos quartos lá de casa. Nunca mais se esqueceu deles. Sempre que ouve a porta do corredor a abrir, já sabe que é uma escapatória para a entrada da divisão de acesso aos Pirilampos.

Certo dia dei-lhe um. Atacou-o logo, mas não descansou pois sabe que existem mais uns quantos. Sempre que pode volta para a porta do quarto e mia como quem chama por alguém.

Outro exemplo é a sua mantinha vermelha. Sabe que existe, sabe que é dela e sabe quando não está no sítio devido. Quando vai para lavar, sente logo a sua falta e mia pela casa como quem reclama por algo perdido.

Mais um facto é o espaço existente por baixo do frigorífico. Muitas vezes a gata brinca com pequenos objetos, sejam eles caricas ou papéis de um qualquer chocolate que acabam no fundo do tal espaço. Fica zangada e tenta chegar-lhes. Se hoje não consegue, volta mais tarde para os tentar tirar de lá.

Os gatos ainda que com o seu pequeno cérebro, são então capazes de guardar memórias por bastante tempo e acredito que o facto de saberem que algo está em determinado local e lhes pertence, nos transmite quão evoluídos podem ser.

Autor: Matias | Clube dos Gatos do Sapo

- Advertisment -

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome