Quatro dicas para facilitar as visitas ao veterinário

0
358
Artigo elaborado por Joana Pereira, Médica Veterinária-Departamento de Comunicação Científica da Royal Canin Ibéria.

Os cuidados veterinários regulares, que compreendem a realização de check-ups e exames pelo menos uma vez por ano, são fundamentais para garantir que os gatos estão saudáveis e detetar precocemente os primeiros sinais de doença.

Como os gatos são “verdadeiros mestres do disfarce” e conseguem esconder quando algo não está bem com a sua saúde até que já se encontrem num estado demasiado debilitado, é muito importante levá-los pelo menos 1 a 2 vezes por ano ao médico veterinário.

Mas como os gatos adoram o seu espaço e a sua rotina, as visitas ao médico veterinário podem trazer algum stress para os animais e para os seus tutores, que acabavam por ficar stressados com o desconforto dos seus animais de estimação.

É muito importante levar os seus gatos pelo menos 1 a 2 vezes por ano ao médico veterinário.

Se está a planear levar o seu gato ao médico veterinário e fica nervoso só de pensar em como vai correr, o melhor é mesmo seguir as dicas da Royal Canin que o vão ajudar a tornar as visitas ao médico veterinário muito menos stressantes para o seu gato e para si.

Torne a transportadora um objeto familiar

Por razões de segurança, o seu gato deve viajar numa transportadora especialmente concebida para gatos. Seja em grandes viagens, seja em deslocações curtas até ao médico veterinário.

Para tornar a transportadora um objeto familiar e que o gato não associe a desconforto, mantenha-a aberta e à disposição do gato, com o seu cobertor e/ou brinquedo favorito lá dentro, para que consiga reconhecer o seu odor, e num local da casa de que ele goste. Também pode pulverizar feromonas calmantes para que o gato se sinta seguro e relaxado lá dentro.

As visitas ao médico veterinário podem trazer algum stress para os animais e para os seus tutores

Dê privacidade ao seu gato.

Para que o gato se sinta mais protegido durante a viagem e também para que não se stresse ao ver outros animais no consultório veterinário, cubra a transportadora com uma toalha.

Mantenha o gato num local alto para lhe trazer segurança.

Na sala de espera, coloque a transportadora num local alto, como uma cadeira, para que o gato se sinta mais seguro.

Transmita a sua calma

Fale com o seu gato em voz baixa e mantenha-se calmo. Se estiver agitado, o gato vai perceber e ficará ainda mais stressado.

Ainda que o seu gato mostre algum desconforto por ir ao médico veterinário, lembre-se: Cuidar da saúde do seu gato é garantir que ele vive mais e melhor… ao seu lado!

Joana Pereira
Author: Joana Pereira

Field Scientific Communication Specialist na Royal Canin Iberica

- Advertisment -

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome