Segunda fase da construção do Centro Oficial de Recolha Animal da Lousã já arrancou

0
39

Arrancou, na passada segunda-feira, a segunda fase da construção do Centro Oficial de Recolha Animal da Lousã, equipamento que está a ser implantado na Zona Empresarial do Alto do Padrão.

Esta segunda fase contempla a construção de um edifício de apoio técnico essencial ao funcionamento deste equipamento e significa um investimento da autarquia de 75 738,75 euros, sendo a empreitada promovida pela empresa Datiben – Construções Unipessoal, Lda, após concurso público.

A empreitada, que foi adjudicada a 11 de julho e terá um prazo de execução de 90 dias, já era para se encontrar em desenvolvimento. “No entanto, por dificuldades que são transversais ao setor das obras públicas só agora a empresa conseguiu iniciar os trabalhos”, refere a autarquia.

Esta empreitada surge no seguimento de uma primeira fase que significou um investimento superior a 132 000 euros e que contemplou a construção do edifício principal que terá capacidade para acolher 45 cães e 20 gatos (mais zona de quarentena que albergará até cinco animais), existindo também um espaço que terá algumas valências de “Dog Park”.

A construção do Centro Oficial de Recolha Animal foi o projeto vencedor da edição de 2017 do Orçamento Participativo Municipal que contemplou uma verba de 70 000 euros e cujos proponentes foram Andréa Martins, Filipe Serra, Juliana Correia e Mariana Carvalho.

Fonte: Centro TV

Miau Magazine
Author: Miau Magazine

teste

- Advertisment -

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome