Seu gatinho passa muito tempo só?

Este artigo fez parte da edição #4 da MIAU Magazine

0
1333

Muitos acreditam que os gatos não ligam de ficar por várias horas sozinhos em casa, mas será que é realmente assim? Embora os felinos domésticos passem bastante tempo dormindo, quando estão acordados eles têm energia sobrando e precisam gastá-la de alguma maneira.

Apesar de ser algo comum aos cães, é habitual também que tutores de gatos se queixem sobre encontrar alguns objetos caídos ou quebrados quando chegam em suas casas após um dia de trabalho, mas acredite: o enriquecimento ambiental – técnica anteriormente aplicada apenas em zoológicos – é uma ótima alternativa para proprietários de gatinhos entediados ou com poucas atividades diárias.

Prateleiras e estantes que permitem ao felino subir e ficar em diferentes alturas, mimetizam o que seus parentes selvagens costumam fazer. Além de se sentirem seguros “vendo o mundo de cima”, eles se exercitam “escalando” como se estivessem em árvores.

Forragear é o nome que damos ao ato de buscar por comida e os gatinhos (mesmo os mais domésticos) são especialistas no assunto. Esconda alimentos em locais estratégicos de sua casa para que o pet possa explorar seus instintos e receber uma recompensa sempre que seguir as pistas corretas.

Escolha brinquedos interessantes, que sejam capazes de entreter o animalzinho. Hoje, temos diversas opções de produtos elaborados especialmente para os gatos e aquelas que permitem interação são realmente incríveis.

Tenha um arranhador. Gatos não somente arranham as superfícies para afiar suas unhas, mas também para deixarem suas marcas por onde passam (uma vez que eliminam um odor característico pelas patinhas para avisar aos demais que ele esteve por lá), por isso é tão importante permitir que “afofem” o local correto e permitido pelos humanos.

Jade Petronilho
Author: Jade Petronilho

Colaboradora da MIAU Magazine, Jade Petronilho é jornalista e comportamentalista veterinária, estudante de medicina de pequenos animais e pós-graduanda em nutrição animal. Apaixonada desde criança por pets, hoje partilha da companhia de três cães e dois gatos, Kinus e Emily, além de atualmente ter uma família de quatro felinos morando no telhado de sua casa

- Advertisment -

Deixe uma resposta

Por favor insira o seu comentário
Por favor insira o seu nome